segunda-feira, 13 de Setembro de 2010

O estilo de vida minimalista de Everett Bogue

Everett Bogue de 25 anos decidiu abandonar o seu emprego e um bom salário na New York Magazine para viver de forma minimalista. Ele possui apenas 57 objectos, entre os quais um computador, uns óculos de sol, uma bicicleta, duas calças jeans e 4 ou 5 camisas e considera que assim está muito mais feliz, já que viver com menos é viver mais e melhor.

Trabalha exclusivamente pela Internet, nos seus blogues e ebooks, cozinha a sua comida e trata da sua roupa e diz que se sente muito mais feliz assim, "se todos parássemos de comprar coisas supérfluas e nos focássemos no que realmente importa seriamos mais felizes".

Afirma que viver sem carro é muito mais económico e que bastam duas horas de trabalho por dia para se sustentar. Não adoptou este estilo de vida minimalista e económico por dificuldades de dinheiro, não é mais uma das vítima da crise internacional, uma vez que, possui mais de 50 mil visitas mensais no seu blogue e é autor de vários bestselleres que vende na internet.

O primeiro dos ebooks chama-se "a arte de ser minimalista" e apresenta um principio fundamental para Everett Bogue "comprar coisas não te vai fazer mais feliz". O autor afirma que, "as pessoas sofrem uma lavagem cerebral para pensar que outro gadget ou um desconto irá tornar as suas vidas melhores. Não vai. Nos 50 anos em que a televisão dominou a sociedade, nós ficamos confusos e magoados. Nós não temos que viver assim há outra opção". Segundo Everett o "sonho americano foi sempre uma mentira, contudo levou algum tempo até as pessoas se aperceberem disso". " Se vocês comprarem mais um carro, uma casa maior ou melhorarem o vosso sistema de som, vão ficar finalmente felizes? Nós vemos milhares de famílias nas séries de TV a comprarem novos gadgets e pensamos, eu também mereço aquilo. Então saímos de casa e compramos tanto quanto pudermos pagar. E sabem que mais? Isso é muito bom para as grandes empresas porque assim elas fazem mais dinheiro. E para os bancos, é por isso que eles ganham milhões, porque eles nos dão todo o dinheiro que queremos para comprar tudo o que aparece na TV." Bogue afirma que o “sonho americano mudou, a nova definição é liberdade". Declarem independência em relação a todo esse consumismo e “percebam como a vossa experiência no mundo é um verdadeiro sonho”.

De facto, muitos de nós vive constantemente com o ordenado hipotecado para pagar empréstimos bancários com juros elevados, pagando muitas duas vezes aquilo que compramos. Será que temos assim tanta necessidade de consumir? A publicidade e a forma como a nossa sociedade se organiza levam-nos a sentir que "ter" esta relacionado com "ser" e muitas vezes gastamos milhares de euros para nos sentirmos bem sucedidos e passarmos uma imagem melhor por exemplo, através de um carro mais caro, do que necessitavamos para nos sentirmos felizes. O que ganhamos com isso? Nada. Sentimo-nos constantemente pressionados na nossa vida profissional, para subir na carreira a todo o custo, competir e fazemos escolhas para ganharmos cada vez mais e para podermos pagar tudo aquilo que a sociedade do consumo nos vende. Básicamente temos o nosso tempo hipotecado.

Muitas pessoas até têm dois empregos, quando por vezes recebem ordenados que lhes dariam para viver muito bem com o dinheiro de um deles. Viva um pouco abaixo das suas possibilidades e não no limite delas! Assim será mais feliz, poderá fazer escolhas que visem o prazer e não amortizar a divida ao banco. A sua vida não está a venda. E o tempo que tem neste mundo é o maior luxo de que pode desfrutar, não o venda.

Segundo Bogue ao escolher um determinado trabalho as pessoas devem pensar que estilo de vida querem para si mesmas. No seu livro grátis que colocou online, " trabalho minimalista: 50 estratégias para trabalhar menos” encontram-se ideias e sugestões para trabalhar menos tempo, tornando esse tempo mais produtivo.
Ao trabalhar só duas horas por dia como Bogue não pode se dispersar durante o horário de trabalho, quer seja devido ao email, redes sociais ou telemóvel, uma vez que, tem que ser muito mais produtivo! Segundo Bogue é essencial que organize o seu espaço e tempo, para tal durante o trabalho não perca tempo com e-mails e apaga mesmo aqueles que sabe que não acrescentam nada à sua vida, saia de pelo menos uma rede social, e não consulte as restantes durante o horário laboral, remova as coisas supérfulas da sua vida, o seu tempo é precioso. Veja as 10 regras da vida minimalista segundo Bogue, no site mercado étnico, onde eu contactei pela primeira vez com a historia de Everett Bogue.

As pessoas trabalham muitas horas, mas trabalham mal, de forma pouco focada, pouco produtiva e muito desorganizada. Se organizar o seu dia de trabalho, mesmo que não consiga trabalhar apenas 2 horas por dia certamente consegue tirar uma hora por dia a mais para si e para a sua família. ! Não leve os seus problemas pessoais, telefonemas pessoais, ou email pessoal para o trabalho e não leve o seu trabalho para casa!

Vários estudos apontam para a necessidade de trabalhar menos tempo, as pessoas que trabalham mais horas têm mais obesidade, resistência à insulina, doenças cardiovasculares e problemas de alterações do humor, ansiedade e stress. Por isso trabalhe menos, mas trabalhe melhor!

Se gostou deste texto veja também:

5 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  2. Adorei a idéia...
    Viveriamos melhor se tivessemos menos necessidades...
    Vou fazer um post sobre esse assunto
    felicidades

    ResponderEliminar
  3. Obrigada pelo voto...
    E o blog aqui também tem muita coisa legal...
    Estou por aqui a cada postagem...
    felicidades

    ResponderEliminar
  4. O mundo está cheio de pressas, e de coisas e coisinhas a mais... bom post! Gostei :)

    ResponderEliminar
  5. Gostei do Blog, gostei deste artigo. Penso que se faz necessário uma mudança de paradigma urgentemente... do jeito que a coisa vai, com este consumismo louco e esta vida agitada, cheia de stress e vícios, a humanidade só tende a piorar... Precisamos mudar algumas coisas e especialmente alguns conceitos sociais.
    valeu e parabéns.

    ResponderEliminar